20/10/2008

"Polícia mata sequestrador e reféns saem ilesas!"

"Após 80 horas de negociação, a polícia finalmente colocou um ponto final no que seria considerado o "sequestro (com transmissão pública) mais longo da história do país", as duas vítimas do sequestrador Lindemberg Alves, Eloá Pimentel e Nayara Vieira se encontram em estado de choque mas passam bem. Segundo a polícia, o ato de ter atirado no sequestrador foi o mais sensato, já que foi comprovado que ele apresentava-se bastante inconstante e agredia as vítimas a todo o momento, tanto verbal quanto fisicamente".


... E se o trecho acima tivesse sido o desfecho do sequestro em Santo André? O que mudaria quanto à opinião pública? Qual seria a reação da sociedade perante o Estado e a Policia? Apoiariam a decisão ou condenariam o ato, pelo fato de o acusado não ter antecedentes criminais?

Tenho certeza que é muito fácil dizer o que a polícia deveria ou não ter feito depois que tudo deu errado. Se os atiradores do GATE tivessem alvejado o seqüestrador nos momentos em que claramente tiveram chance para executar o disparo e assim colocassem um fim ao seqüestro de Eloá, inúmeras questões teriam que ser discutidas.

A notícia provavelmente não seria de aclamação pela ação heróica da polícia e sim pelo triste fim do seqüestro protagonizado por um jovem apaixonado que fez de refem sua ex-namorada, que acabara o namoro incontáveis vezes por causas das brigas causadas pelo ciúme.



A mãe do garoto seria entrevistada pelo “Datena” e em prantos, diria que o filho dela não era um criminoso e sim um garoto bom e trabalhador, que acordava às 04h00min da manhã para trabalhar e ainda complementava o tempo restante como entregador (realmente era verdade, até a justiça esperar ele matar alguém para só então considerá-lo um criminoso de fato, mesmo que ele tenha passado alguns dias apontando uma arma contra duas adolescentes inocentes e indefesas, arma esta que o mesmo possivelmente não tinha autorização legal para portá-la, e mesmo se tivesse!).

Opiniões à parte, nenhum de nós tem o poder de prever até onde as conseqüências de alguns atos (como o exemplo citado) irão chegar, mas tenho certeza (mesmo se os fatos ainda estivessem em andamento) de que a sociedade iria julgar melhor uma ação mais enérgica por parte da policia, dando cabo da vida do seqüestrador, poupando assim, riscos desnecessários a pessoas inocentes.

Obviamente o caso só teria êxito total se ninguém tivesse perdido a vida, mas acredito que a grande parcela da sociedade guarda dentro de si a opinião (antiética) de alguém que se indignou com o caso e hoje (todos sabem disso), o "Brasil estaria mais aliviado" (e a polícia, mais aclamada) se ao invés de Eloá, Lindemberg estivesse deitado numa maca de hospital, após ter sido alvejado por uma bala disparada pela polícia... Declarado morto após perder massa encefálica e entrar em coma irreversível... (Convenhamos que o impacto seria bem menor)

Pois só dessa maneira, a manchete que sairia em toda a imprensa não teria como tema principal "a morte de uma jovem adolescente inocente" e sim "o desfecho (trágico), com a morte de um sequestrador"... O que (por mais que os éticos neguem) deixaria uma impressão maior de tranquilidade e respeito para com o trabalho da polícia e das autoridades em geral.

PS: De forma alguma quero dizer que Lindemberg Alves merecia morrer, e até creio que nada foi premeditado, mas sim ditado conforme o sequestro se desenrolava. Acredito também que não era esse o "fim" que ele queria para alguém que "gostava" tanto. Porém a situação fugiu do controle e alguém em tal estado psicológico não responde por seus atos... Alguém deveria saber disso!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

9 comentários:

Fernando Gomes disse...

O povão gosta sempre gosta de dizer o que a polícia deve ou não fazer, o que não muda o fato de que esta foi uma triste tragédia ocasionada por um homem fora de controle.

Bom post.

LADY DARK ANGEL disse...

minha mãe fiko muito preo =cupada e triste
é a vida
todos os namorados agora vao receber uma desconfiança dos namorados
isso e verdade
bjos

Pedro Junior disse...

Eita, acredito q todo esse "vuco-vuco" é só pra dar ibope mesmo, poucos se preocupam com a família da menina, e bom qm julga é Deus se ele deve morrer o não...

Evan The Scarlet Angel disse...

Condenariam se fosse verdade

30 e poucos anos. disse...

Vc viu o depoimento da Mãe da Eloá?
Ser humano digno de estar em um mundo bem melhor...mulher forte e preparada.

Claro que nem tudo acontece de acordo com as nossas vontades e o desfecho foi trágico mesmo.

Márcio Ribeiro disse...

A policia não matou o sequestrador, por ter medo da repercussão que isso causaria.

Poderiam ter desde colocado soniferos na comida até ter colocado uma bala na cabeça do rapaz. Não fizeram nada, agora que sejam julgados pela opinião pública, e que tenham seu despreparo para esse tipo de situação, revelado.

www.comideiaseideais.blogspot.com

Janaína Moraes disse...

Também gostaria de ter visto essa chamada nos jornais, mas...
A policia brasileira se mostrou mais uma vez ser a culpada pela "segurança" que temos.
Passa no Estórias.

Pirtty disse...

após mais uma morte o mundo parou...
só assim para os seres que se chamam "humanos" (os seres vivos mais inteligentes) perceberem o que é a morte...

errar é humano, permanecer neste erro de matar, naun sei o que é!

abraço!

Fabricio bezerra da guia disse...

postagem interessante essa

os policiais seriam heróis se ele se entregasse,e todos saissem bem .bom e o que aconeceu com o pai da eloá que ninguem falou mais nada sobre ele?

Postar um comentário

Comentários do tipo
"legal o post" ou "seu blog é otimo"
serão recusados.
Criatividade é uma boa virtude,
use-a!

 
Powered by hospedagem ilimitada criar site gratis