28/10/2008

"Apaixonado pela melhor amiga"

Eu conheci a Daniela há exatos quatro anos, durante um ensaio (em minha casa) de uma peça em que ela se apresentaria junto com a minha irmã. Na época, elas nem eram tão amigas o quanto são hoje.

Resolvi quebrar o galho para a peça delas e acabei fazendo o papel de um figurante que contracenava com a Dani. Depois de tudo, descansamos e conversamos durante horas, parecia que já nos conhecíamos há anos.

No dia da apresentação eu estava lá, mas não com a intenção de ver a peça delas (que na verdade, eu nem colocava muita fé), porém, a encenação das meninas ficou perfeita e a Daniela me agradeceu pela força que eu tinha dado, inclusive achou que eu estava lá por causa do trabalho delas.

Ficamos tão próximos que ela resolveu me pedir uns conselhos. Estava passando por um momento delicado com o namorado. Falei que não tinha problemas. Escutei e dei a minha opinião no que achava que ela deveria fazer para resolver seu problema com o cara. Me empenhei tanto em ajudá-la que minha irmã ficou até um pouco enciumada.

Tudo deu certo para os dois. Ela me agradeceu e me confidenciou que nunca tinha conversado sobre seus problemas com um homem antes. Eu era o irmão que ela nunca teve.

O tempo passou. Dani agora era minha irmã e confidente. Tínhamos nossos próprios segredos. Eu a chamava de “maninha”... Ela dizia para todos que eu era o seu irmão.

Ela aparecia freqüentemente em minha casa e tínhamos atitudes completamente fraternais um com o outro... Se assistíamos um filme, geralmente ela deitava a cabeça em meu colo (ou vice-versa). Estávamos sempre abraçados em público e as demonstrações de carinho e afeto eram constantes. Sem nenhuma segunda intenção.

Dani acabou terminando o namoro e começou a “ficar” com outro cara, que era meu amigo (se conheceram por meu intermédio).

... Até que alguém (sem saber que ela era apenas minha amiga) me contou que tinha visto “a minha namorada” beijando outro cara...

“Ah, não. Você se enganou, a Dani não é minha namorada!”

“Desculpe, pensei que fosse. Vocês estão sempre juntos e formariam um belo casal. Você parece até mais feliz quanto está com ela...”

Aquele comentário abriu meus olhos e despertou algo que eu já sentia mas tinha medo de assumir, principalmente para mim mesmo... Eu estava apaixonado pela única menina que considerara minha amiga até então (hoje eu tenho bem mais amigas) e o fato de ela estar ficando com meu amigo estava tirando meu sono e despertando um ciúme que eu já não conseguia disfarçar. E o pior, estava interferindo na nossa amizade.

Foi inevitável que nos afastássemos. O motivo foi tão aparente que Daniela logo percebeu. Evitei-a por algum tempo, esperando que tudo aquilo passasse... Mas foi em vão.

Outro dia eu estava sozinho em casa quando a campanhia tocou... Era ela. Conversamos como há tempos não fazíamos. Trocamos um “último e primeiro beijo...”

Hoje eu tenho uma bela namorada, estamos juntos há dois anos. Dani também namora um cara já faz alguns meses... A amizade mudou um pouco, mas no fundo ela sempre será a minha “primeira amiga”, a mesma que eu chamei de irmã... Aquela pela qual eu me apaixonei!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

16 comentários:

LADY DARK ANGEL disse...

uau!
q historia hein]
pelo menos vc e feliz
né??????????

Renata disse...

Misturar sentimentos de amiga, irmã e "namorada", nem sempre dá certo né...

http://parei1minuto.blogspot.com/

Thiago_ajairon disse...

Ei man!
Acho que estou passando pela mesma coisa, mas ainda não falei nada, não demonstrei nada também!
As vezes nem sei como lidar com isso, minha unica amiga e um sentimento que vai alem da amizade.

Mas acho que consigo superar, falar com ela e deixa tudo claro. Pelo menos sei que pior não pode ficar!

Gostei do teu blog, escreve de um jeito tão direto que agrada bastante!

Um forte abraço meu caro!
Voltarei mais vezes!



http://ajairon.blogspot.com/

Ribamar Xavier disse...

Essa de namorar amiga já aconteceu comigo e devo dizer que nunca a esqueci.

DuDu Magalhães disse...

Porra Meu!

Que história...

dá até uma música! xD~~

Já tive um caso parecido, mas no final das contas, tudo ficou bem... engraçado como a vida é...

http://minhainspiracao.blogspot.com/

30 e poucos anos. disse...

Situação complicada e difícil para se dar palpites né?

Luucas, o escritor! disse...

Uaau, nossa hein, mais é assim, nossos sentimentos nunca conseguimos controlar... mais atualmente você esta apaixonado de novo, e realmente a melhor amiga, sempre é uma menina por quem você se apaixona!


http://ouuseraquenao.blogspot.com

Fábio Flora disse...

Que bom que tudo se resolveu, Alex! É muito ruim você gostar de uma pessoa, estar muito próximo dela, mas não poder... você sabe. "Pior" ainda quando ela te vê apenas como um amigo. Se bem que grandes amores costumam começar com uma grande amizade... Abraços!

Carioca disse...

passo pela msm coisa...
nao existe sensacao melhor!
enjoy

Calango disse...

PQP...

ja aconteceu isso comigo cara....

é chato...


pelo menos vc deu um beijo nela...

e ai?

ela beija bem?

Antonoly disse...

As paixões... vão embora tão rápido como chegaram.

Finim disse...

Cara, história muito massa!
Daria uma bela Crônica se não fosse verdade!

Ellen Regina - facetasdemim disse...

gostei muito do texto...
quem nunca teve um amigo-irmão pelo qual se apaixonou um dia, né? Quando se é novo a gente costuma confundir sentimentos, até mesmo por imaturidade.

Don Romero disse...

pois eh... ja aconteceu isso comigo... mais naum tive mt coragem de falar isso pra ela... fazer oq.. eh a vida!

Yndye disse...

Aaa vlw pelo comentário no meu blog!!
Nossa... supeer amei seus textos!!
Parabéns aeew!!

Aaa, e quanto a Lolita, sim conheço ela... mas só pela net!!
A gente até ia se encontrar no show do Paramore, mas não nos achamos...
E vc... conhecee ela pessoalmentee ou só net??

beijo querido!

ariel mira (MANDACHUVA) disse...

kra, estou passando pela mesma situação, mas a minha está um pouco mais complicada q a tua foi.
Pq eu sou amigo dela a um bom tempo e acho q estou a fim dela, o mais complicado é q fiz uma grande amizade com a irmã dela, e está acontecendo a mesma coisa.Estou a fim das duas, é estranho, e por ser estranho, estou me contendo em dizer p/ alguma delas, justamente p/ ñ perder a grande amizade q tenho com elas. Estou me pirando por causa disso. Poderiam me ajudar?
Abraço

Postar um comentário

Comentários do tipo
"legal o post" ou "seu blog é otimo"
serão recusados.
Criatividade é uma boa virtude,
use-a!

 
Powered by hospedagem ilimitada criar site gratis