05/01/2009

Um "amor" proíbido... pela lei!

"Ah, eu quero ficar com ele por que além de gatinho, ele é gostoso, humm... E tem um jeito muito sexy de olhar para mim!"


Antes que você pense que estou me declarando para algum homem, adianto-lhe que os elogios acima foram direcionados à minha pessoa... Claro, não foram da Natalie Portman (na foto), ela não me conhece...

Conhecí a louca responsável pela afirmação acima numa viagem que me deixou ausente do blog por duas semanas (peço desculpas aos meus leitores e parceiros e isto não acontecerá novamente).

Reconheço que ela também não ficava atrás. Sua beleza era notável e apesar de todas as qualidades, ela tinha algo que não permitiu-me uma aproximação e consequentemente que rolasse alguma coisa entre nós dois.

Não, ela não urinava em pé e eu não me "enganei" como o Ronaldo. Não tinha mal hálito ou qualquer outro tipo de odor fétido e não possuia qualquer problema quanto ao seu modo de ser, andar ou falar... Resumindo: Além de ser linda era perfeitamente normal!

Descobrí que todas as tardes que ela saía escondida de casa, não era simplesmente para jogar conversa fora com uma prima minha (como ela dizia) e sim apenas para me ver. Até aí tudo bem.

Mas e aí você me pergunta: Qual era este maldito "porém" que impedia este bendito escritor de desfrutar este momento que qualquer homem normal não teria deixado passar de forma alguma?

A referida garota estava passando por algumas mudanças muito importantes em sua vida. Problemas estes que não estavam ligados à "drogas, sexo e rock n´roll" , mas sim à passagem de sua fase infatil para sua sua fase aborrecente... Acabara de fazer incríveis 12 anos de idade.

Esta não seria a primeira vez que eu ficaria com uma pequena senhorita de apenas uma duzia de anos, mas da outra vez que aconteceu, eu tinha 17 e a senhorita (ou senhora, nunca se sabe) tinha 12 anos (surpresos?).
A prova maior da diferença entre nossas massas cinzentas é que enquanto ela "brincava de ser uma barbie" com suas amiguinhas, eu já era o próprio Hommer Simpson em pessoa.
Para ela eu fui o primeiro cara a tocar seus lábios e provavelmente ela jamais esquecerá. Já para mim, eu estava apenas quebrando o galho de uma pirralha (mas ainda não esquecí o beijo).

Depois desses ocorridos em minha breve vida, tenho a forte impressão de que hoje em dia as garotas de 12 anos já vêm acompanhadas com hormônio natural de cavalo pois estão bem maiores que antigamente, mas mesmo assim, nestes casos prefiro o conteúdo a embalagem.

Quem sabe eu não a encontro algum dia? Daqui há uns 5 ou 6 anos e então poder aproveitar melhor o momento sem nenhum peso na consciência e sem que nenhum engraçadinho me chame de pedófilo por aí... Eu terei 26 e ela 18 anos, ficaria muito mais proporcional e como dizem por aí: "a idade é apenas um detalhe e não tem importância num relacionamento"...

Eu acrescento: "desde que ela não tenha apenas 12 anos e você esteja beirando os 21"... Ah, essas crianças de hoje em dia!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 comentários:

Pablo disse...

Meninas com hormônios de cavalo é fróids, mas deve ser, pois tem meninas de 12 anos com corpo de 18 que muitas de 18 não têm...

http://www.sombradaamendoeira.blogspot.com/

André disse...

"impressão de que hoje em dia as garotas de 12 anos já vêm acompanhadas com hormônio natural de cavalo pois estão bem maiores que antigamente, mas mesmo assim, nestes casos prefiro o conteúdo a embalagem."
tche- gostei muito deste paragrafo. matou a pau...fica dificil para mim opinar porque ja passei dos 40...criatividade e expressao voce tem, o texto é bom mas eu fico perdido por ter uma grande diferença de idade. desculpe nao poder fazer o comentario que teu blog merece.

Yza. disse...

Ah, essas crianças de hoje em dia (2)

Com 12 anos eu tinha vergonha de falar com um menino sobre relacionamentos. Tudo bem, eu chegava a ser fora do normal com isso, mas hoje em dia está demais.

Beijar pela primeira vez aos 9 pra mim é piada, já vi muitas assim.

Espero que a tendencia não seja piorar.

Tђαммy disse...

UI...Um romance proibido daria um ótimo livro =)
Mas...12 anos realmente é lamentável.
Dá tempo ao tempo, se o "amor" durar 5 ou 6 anos as coisas vão bem :)

Henrique M. disse...

òia,eu devo t esses tais hormoniso de cavalo,cum 15 anos todos acham q tenhu 18 ou mais, imagina quando eu tinha 12 O.O

P.S:aceita parceria?

Http://centralhilariante.blogspot.com/

Carol°°°Paula disse...

realmentte, hj as meninas de 12 anos parecem ter 16...
e deus, quando eu tinha doze anos eu nem tinha beijado ainda rsrsrs...
essas coisas... mas um dia ela cresce!
bju^^

MARCOS LEITE(O POETA DA VIDA) disse...

interessante seu blog!

continue assim....


tenha uma boa noite

Alexandre disse...

Hormônios de cavalo, atitudes idem!
Ah! Proibido por lei???? Melhor ainda! hehehe

Nena disse...

Nunca imaginei que o obstáculo para o amor fosse a idade...Até pq ja vi um caso parecido,mas a garota tinha 14(o que não é uma grande diferença).Mas a lei proíbe...ta ae o problema..hehe
Espero que a garota não tenha acesso ao seu blog,com certeza,ler esse post seria, no mínimo, o fim do mundo para ela.

Tiago Cervo disse...

Caramba, 12 anos é muito pouco... sem dúvida eu nem tentaria nada, a cabeça conta muito e com 12 anos se tem muito pouca ou quase nenhuma... e tambem já estou entrando na minha fase Homer simpson nem rola com meninas muito novas.

Postar um comentário

Comentários do tipo
"legal o post" ou "seu blog é otimo"
serão recusados.
Criatividade é uma boa virtude,
use-a!

 
Powered by hospedagem ilimitada criar site gratis